Há um ser que se esconde
Nas entranhas de um corpo
Será anjo?
Será demónio?

Um sabe do outro
Mas nunca se encontram...

O demónio caça de noite
Procura vítimas incautas
P'ra saciar a sua lasciva fome
O anjo nem sonha...

Quando de manhã acorda
Não se lembrando de nada
Um anjo pode ser
Enquanto o demónio dorme...

---------------------------------------------------------

Não podia deixar passar isto sem o mostrar a todos os que não tiveram oportunidade de ver ainda.
Para eles, a blogosfera é um verdadeiro perigo e todos somos potenciais terroristas !
Enfim...
Ora vejam aqui

Entretanto, algumas reacções não se fizeram esperar...
Como esta
Esta
Ou esta


26 impulsos:

Etc e tal disse...

Nossa!!!!!!!!!! que fantastico!!!
amei,ameiiiii..........

muito bacana!!

bjusssss

Só Eu disse...

Bem podias ser o "meu" anjo Azul...
Texto muito bonito. Adorei

Vício disse...

existem 2 cães dentro de mim!
o cão bom e o cão mau...
o mais forte será o que eu alimentar!

Lyra disse...

Espaços que se cruzam,
palavras que se encaixam,
sorrisos imaginários que se entrelaçam,
confidências que se armazenam.
Assim nascem as amizades virtuais...

Obrigada pela tua!

Adoro ler tudo o que escreves!

Beijinhos e até breve.

;O)

ZeManel disse...

Bem Cleo...
Fascina-me a tua escrita, a qualidade dos teus textos e de todo o restante enquadramento (som e imagem). :))
Em relação ao que escreveste, digo-te que acredito que todos nós temos em cada momento, um anjo e um diabo dentro de nós.
O despertar de um ou de outro depende das variáveis que se movem (ou que fazemos mover) em torno de cada um de nós.
A irmandade gémea do Amor e do Ódio poderá ser apenas a materialização desta constatação...
Bjss

suruka disse...

Ai ai ai
nem sei qul quero.

Olá minha amiguinha
Pelo menos uma vez por mês vou tentar fazer-te uma visita.
Ler, relembrar e deixar um beijinho
Suruka

o¤° SORRISO °¤o disse...

Oi Impulsos. Não somos nem anjo e nem diabo. Somos os dois, uma mistura. O equilíbrio.

Ótimo domingo para você.
Beijos mil! :-)

Vera disse...

Belo poema! E essa antítese do bom e do mau, anjo ou demónio... Gostei muito!
E a foto... sexy!!!

Beijo grande

Puro Lusitano disse...

Gostei da forma como expões o pensamento, embora a ache um pouco impessoal. Onde está o anjo que há em ti, quando tu acordas? Acorda contigo ou continua a dormir?

Não percebi a foto, embora a ache um encanto... o que está a fazer um anjo puro daqueles com um devorador demómio tatuado, já que um não deveria saber da existência do outro?

Quanto à música, acertaste em cheio: Uma voz suave de uma menina-mulher com um timbre perfeito numa respiração certa, que nos encanta e nos nos transporta para a dimensão dos sonhos. Uma canção espectacular e uma forma original de cantar.

Para quem quer prestar mais atenção à música "Siempre me quederá", cantada pela Bebe, embora não seja essa a intenção deste blog, aqui fica a letra:

Como decir que me partes en mil
Las esquinitas de mis huesos,
Que han caído los esquemas de mi vida,
Ahora que todo era perfecto.
Y algo más que eso,
Me sorbiste el seso,
Y me desciende el peso
De este cuerpecito mío,
Que se ha convertido en río.
De este cuerpecito mío,
Que se ha convertido en río...

Me cuesta abrir los ojos,
Y lo hago poco a poco,
No sea que aún te encuentre cerca.
Me guardo tu recuerdo
Como el mejor secreto,
Que dulce fue tenerte dentro.
Hay un trozo de luz en esta oscuridad
Para prestarme calma,
El tiempo todo calma,
La tempestad y la calma.
El tiempo todo calma,
La tempestad y la calma...

Siempre me quedará
La voz suave del mar.
Volver a respirar
La lluvia que caerá
Sobre este cuerpo y mojará
La flor que crece en mí.
Y volveré a reír,
Y cada día un instante
Volveré a pensar en ti.
Y en la voz suave del mar
Y en volver a respirar
La lluvia que caerá
Sobre este cuerpo y mojará
La flor que crece en mí.
Y volveré a reír,
Y cada día un instante
Volveré a pensar en ti...

Como decir que me partes en mil
Las esquinitas de mis huesos,
Que han caído los esquemas de mi vida,
Ahora que todo era perfecto.
Y algo más que eso,
Me sorbiste el seso,
Y me desciende el peso
De este cuerpecito mío,
Que se ha convertido en río...
Siempre me quedará
La voz suave del mar.
Volver a respirar
La lluvia que caerá
Sobre este cuerpo y mojará
La flor que crece en mí.
Y volveré a reír,
Y cada día un instante
Volveré a pensar en ti.
Y en la voz suave del mar
Y en volver a respirar
La lluvia que caerá
Sobre este cuerpo y mojará
La flor que crece en mí.
Y volveré a reír,
Y cada día un instante
Volveré a pensar en ti...

Beijos, besos, kisses.

Por entre o luar disse...

beijinho e sorrisO*

Vigilante disse...

Genial mesmo, dá uma olhada também no meu blog!

Azul disse...

Boa noite Impulsos!

Tenho para mim que todos nós temos os dois...

Está fantástico o teu poema...
(para variar :) )

Beijinhos
Azul

Branca disse...

Linda, adorei o texto, acho-o adequadissimo à situação!

Sabes, eu acho que a comunicação social deixou de fazer o que lhe compete que é informar com veracidade e coerência o comum cidadão.
Agora vivemos numa era em que a guerra das audiência é mais importante que tudo o resto, as noticias são aquilo que os consumidores querem ver, nem que para isso tenha que se dramatizar tudo e mais alguma coisa...
Tudo bem que a irternet tenha riscos, eu sei, tu sabes e todos nós sabemos mas não é a única...
Mas, não me apetece escrever sobre isto!

Beijitos e boa semana :)

Dias disse...

Eh eh eh... divirto-me sempre imenso a ler os opinanços mediaticos acerca da Blogosfera: Ficamos com uma ideia de como se opina em relação a TODOS os outros temas sem nunca se ter molhado os pés :)

Grande som amiga!!

Bejos grandes

P.S. - So coloquei este comentario porque me quero encontrar contigo para te pedir os rins emprestados! E diz-me, tens menos de 15 anitos?

P.S.2 - Na verdade as televisoes utilizam diariamente a Internet, e ultimamente para meu agrado até veiculam as suas informações, como no caso da greve às gasolineiras nos dias 1,2, e 3, na escolha dos temas mais badalados na elite bloguistica, e na utilização de imagens como no caso do dá-me-o-telemovel. Por isso não entendo estas duas caras by media, mas compreendo que os chefes de familia gostem de ser entretidos com esta desinformação, por isso vou-me divertindo com a ignorancia.

P.S.3 - Desculpa a extenção... beijo extenço

DelfimPeixoto disse...

Hoje faço anos

Plum disse...

O verdadeiro perigo da Internet não está na blogosfera!***

as velas ardem ate ao fim disse...

Viva os demónios!

bjo

Papoila disse...

Querida Cleo:
O demónio não passa de um anjo caído... e por vezes todos baixamos as asas... Adorei o teu poema!
Vi este Aqui e Agora estupefacta!
Somos uns narcisistas covardes e blasfemadores que se escondem no anonimato na generalidade...? Foi a imagem que ficou...
Beijo

Secreta disse...

Anjo e demónio , um pouco de todos nós :)
Beijito.

Menina do Rio disse...

Acho que somos ambos; dependeno do momento...

Eu tentei ver a entrevista mas o video está muito lento, mas li nos outros links. Então somos terroristas virtuais mascarados sob um pseudonimo? Alguns políticos brasileiros já tentaram calar alguns bloggers e já vi amigos sairem do ar. Liberdade de expressão é crime? Então estamos a formar uma nova quadrilha; o CBVT "Comando bloggers armados de teclados". Um perigo! Calibrem suas bazuquinhas (teclados) que eles DPI(defensores dos políticos injustiçados) estão vindo com seus kamizaes!!!!

Um beijo

Nadja Reis disse...

Gostei muito!Anjos e demonios existem,a questão é como saber quem realmente se sobressai em cada um...bjosss

ZeManel disse...

Olá Cleo
Agora como futuramente, neste como através doutros meios, sempre houve e sempre haverá usos e abusos, sempre haverá os "contras".
Deixe-mo-los... já que como sempre "os cães ladram e a caravana passa"...
A nós compete-nos usar este meio de comunicação com liberdade, maturidade e respeito pelos outros.
Bjss :))

Nilson Barcelli disse...

Anjos e demónios, todos os temos dentro de nós.
Compete-nos geri-lod da melhor maneira...
Belas palavras, as tuas.

Tal como na via real, na blogosfera há gente para todos os gostos... o contrário é que seria estranho.

Beijinhos.

Um Momento disse...

Adorei o poema ... lindo...
E andei a vaguear por ali, nos links deixados...

Afinal...somos anjos e demónios:)))))))

Deixo um beijo grande!!!

(*)

zm disse...

Afinal este mundo virtual, que há pouco tempo conheço, não é mais do que um reflexo do real.
Para que exista o lado bom é inevitável o mau.

Temos sempre do nosso lado o poder de escolher.

Boa noite

ps: obrigado pela visita.
ps: descobri aqui outro zemanel!!

Oliver Pickwick disse...

Dr. Jekyll e Mr. Hyde by [[Cleo]], numa versão feminina e sutilmente sensual.
Adoro suas reinvenções. ;)
Um beijo!