Quero escrever
Mas não consigo...
Tenho a alma cheia até à boca
Extravasante de coisas tão simples
Daquelas que as palavras não dizem...

Mesmo assim
Procuro em cada pedacinho
Dos momentos que partilhei
Dos olhares cúmplices
Dos sorrisos sinceros
E das saudáveis brincadeiras
Que no pensamento guardei
E comigo levei no regresso
Mas entorpeço no vazio
Das palavras que não encontro
Para dizerem o que sinto...

E sei bem o que sinto
Se sinto... não minto!

Só não sei como o dizer...

40 impulsos:

Secreta disse...

Há alturas em que as palavras não são suficientes ...
Beijito!

Marta Ribeiro disse...

nem sempre os pensamentos podem ser palavras abertas


beijinho

Vanda Paz disse...

Amiga, este poema está lindo...

Beijos

Sandra Daniela disse...

Apesar de não saberes como dizeres, entendo o que queres transmitir...

um beijinho

Vício disse...

não o digas!
as pessoas que realmente te dão importância irão notar em ti, seja ao ver-te ou ler-te.
e tu, se estiveres atenta, irás notar que não é preciso que essas pessoas te digam que gostam de ti porque irão mostra-lo ao ver-te assim!

DelfimPeixoto disse...

Não o digas... deixa que o silêncio o grite
bjs

Iana disse...

Nem o universo se compara à bela amizade.
Essa seara é meu caminho da verdade.
De amor de amigos, na simplicidade
Construí o abrigo da sinceridade
Com os seixos da humildade
O alicerce na cumplicidade
No chão da claridade
Pedras da vontade
Cor de saudade
Luz e bondade
Sem veleidade
Com caridade
Sem ver idade
Na feliz cidade
Da flor da eternidade
Onde habita a felicidade
De sempre contar com tua amizade.

Beijos mil.. ando meio ausente, mas estou voltando aos poucos..lol..

FM disse...

Hárealemnte impulsos que nos marcam, principalmente quando acompanhados por uma banda sonora marcante...~
Deixo-te Essências.

Defensor disse...

Salve
Lembranças de bons momentos ficam para sempre no coração...
Abraços

Sant'Ana disse...

Já o disseste.
Da melhor e mais perfeita maneira.
A Tua.

Um beijo.
(lindo, lindo, lindo)

Anónimo disse...

Impulsos,

É na ausência de palavras que elas nos fazem mais falta... e mesmo não conseguindo, a ânsia em escrever mantém-se, intensifica-se por vezes, e o congestionamento espiritual conduz-nos à mortandade emocional...

Percebo-a muito bem, acredite ;)

Um beijo para si, José

Lyra disse...

Todas as nossas palavras serão inúteis se não brotarem do fundo do coração. As palavras que não dão luz aumentam a escuridão, as tuas iluminam-nos.

Beijinhos e até breve.

;O)

☆ tenshicris ☆ disse...

Ola minha linda saudades de te ler... é mesmo assim as vezes sentimos coisas que nao sabemos como dizer nao sabemos expressar somente vivem em nos... eu espero que mais tarde consigas intrepretar esses sentimentos para que te sintas melhor contigo mesma... um grande beijinho :)

Brain disse...

Este texto,
Com esta música a acompanhar...

Fabuloso!
Fantástica conjunção!

Impulsos ao seu mais alto nível!

Um Beijo meu

Plum disse...

Há sentimentos impossiveis de se transformarem em palavras!***

NunoSioux disse...

Nem sempre a tinta da alma consegue tingir o papel....

São momentos.....

Apenas momentos.....


Beijo

GZ disse...

os sentimentos as vezes são demasiado fortes para se escrever... esbarram em tudo o que é esquina e permanecem no nosso ideário, como vultos que vagueiam sem rumo nem destino...
nem sempre se podem passar para o plano físico...
Conheço o sentimento...

beijos GZ

Secreta disse...

Bom feriado e fim de semana! :)
Beijito.

Carla disse...

mas dizes tão bem...e fazes sentir-nos tão bem!
beijos

daniel disse...

Olá impulsos

A boa poesia e a boa música tem sabor, porém a miúda gira, a espreitar ao cimo, distraia um pouco distraiu um pouco.
Enfim! Amar e gostar do que é bom não é pecado e um santo será perdoado!

Beijos
Daniel

A. Jorge disse...

Olá!
Cá estou eu para te informar do endereço da minha nova casa.
Para já ainda estou a reeditar alguns dos posts que estavam no "wordpress".

Aparece!

Um beijo

Jorge

http://vaggabundices.blogspot.com/

isabel disse...

e disseste. tão bem!

bom feriado Cléo

Luis F disse...

O Mar de Sonhos faz um ano de existência, venho assim agradecer toda a amizade.

O meu obrigado

Com amizade
Luis F

Som do Silêncio disse...

Olá Impulsos!

Acabaste de o fazer de uma forma fantástica, mesmo ao teu estilo!
Por vezes é difícil dizer o que sentimos, mas se olharem bem dentro dos nossos olhos...palavras para quê?

Lindo este teu post, adorei mesmo (provavelmente porque me vi nele)

Beijo terno

Thunder disse...

Gostei muito deste verso: "Tenho a alma cheia até à boca"!
Parabéns por este belo poema.

JuvePP disse...

Olá Cleo,
Por mais que queiramos que as palavras traduzam o nosso ser, os nossos estados de espírito, as nossas dores, alegrias fica sempre uma parte que é indizível. As palavras só dizem uma infíma parte. Mas o leitor sabe bem que a dor, a alegria dita é muito mais do que a descrita. Tal como diz o poeta a que sente e a que diz são bem diferentes, a dita fica sempre aquém da sentida.No poema vê-se bem que existem dois tempos: o passado de "saudáveis brincadeiras" e um presente de "vazio" no qual o sujeito poético entorpece para dizer o quanto sente. Beijinhos gostei muito

Nilson Barcelli disse...

Procura que vais encontrar mais depressa do que pensas.
O poema, "mesmo assim", é excelente.

Beijinhos.

Dark-me disse...

Qdo o sentimento é verdadeiramente sentido, torna-se complexo e dificil de se explicar e até de exprimir.

Dark kiss

antónio paiva disse...

...
aqui o disseste muito bem.

beijinho
...

as velas ardem ate ao fim disse...

Sabes sim..aqui esta a prova!

bjo

SAM disse...

Há dias assim, querida Cleo - de sacos sem fundo. E o descreveste lindamente.

Ótimo fim de semana!

Beijos com carinho

Deixo aqui meu outro cantinho

samdesnuda.blogspot.com

FM disse...

Este é o CONVITE para que participes na BLOG-NOVELA que está em exibição no ESSÊNCIAS.
Entra na "Festa dos Fritos" e dá vida aos personagens...
A tua imaginação e palavras serão úteis na criação de um momento diferente na Blogosfera.
Faz parte da Festa... da Boa Disposição.

Sandra disse...

:))

é em momentos assim q devemos pelo menos pensar q "as mais lindas palavras são ditas no silencio de um olhar" ;))

xinhuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuus pa tu da lua

Por entre o luar disse...

Se disseres com o coração tudo se torna mais fácil..

Beijinho e sOrriso*

Taiyoumusha disse...

Há coisas que perdem o valor se forem ditas, no entanto as verdadeiramente valiosas, não têm como ser descritas.

Oliver Pickwick disse...

Se não sabes como dizer, e escreves assim, imagine quando sentir-se um pouco mais animada.
Querida Cleo, você escreve muito bem até dormindo, debaixo d'água ou flutuando além das nuvens.
Um beijo!

Daniel Aladiah disse...

Querida Cleo
A explosão do teu amor deve ser magnificente... mas parece estar "flat"... a maré...
Um beijo
Daniel

Carlos D disse...

Ola Cleo

todo o sentir se transmite
se em vez de ser a razão
deixar que seja a mente
a comandar o coração

bjs e um sorriso

Dias disse...

Sabes passar-nos e sabes que o sabes fazer com mestria, embora agora preferisse que não o tevesses de fazer.

Beijo forte

Um Momento disse...

E há palavras que não se conseguem exprimir por mais que se sintam...

Beijo abraçado a ti!

(*)