És o sol
És o dia
És o meu sonho
Tornado realidade...

És a minha luz
És a minha loucura maior
Diagnosticada nas tardias horas
De uma vida já meio adormecida
À beira de um rio seco
Na aridez de um deserto
Que nasceu do pó
Amontoado no meu coração…

Vê como sou feliz
Quando me vês correr
Sem destino
Pelos campos de cearas doiradas
Que se vergam à passagem do vento quente
E adormecem no canto mágico de um rouxinol...

Segredo-te ao ouvido
Palavras antigas
Inventadas por um escravo do amor
A quem lhe roubaram a razão do seu invento
Dizem…
Que as escondeu dos olhares do mal
Para que não fossem usadas em vão…

Ofereço-te a minha vida
Em troca do teu desejo
De seres apenas… meu…

***

Deixo aqui um link, que, gostaria muito que visitassem...

36 impulsos:

Sha disse...

Quanta ternura no teu querer... quanta doçura no teu sentir...

Impossível ficar indiferente ao teu coração!

Bjinho
Sha

Anónimo disse...

Retorno de uma ausência forçada e já melhorzinha.
Fiquei sem palavras depois de ouvir ler ao som do teu "Impulso musical".
Parabéns

http://pura-m.blogspot.com/

Secreta disse...

É fantástico este poema ... A vida em troca do amor. Lindo.
Beijito.

su disse...

Há palavras que são mágicas atrás delas esconde-se um tesouro maior e mais grandiosos como o pode ser uma vida inteira assim oferecida a alguém a quem se ama.
E se esse alguém brilha em nós como uma luz e nos faz deixar passar cá para fora sentimentos assim...só pode ser "uma coisa" muito boa...gostei muito deste pôr-de-sol delicioso que se adivinha nas tuas palavras.
Está-se bem aqui a lê-las vezes sem conta.

Beijinhos aqui da Teia.

multiolhares disse...

O amor é lindo mas não prende,
Ele se dá, ele se entrega
É uma troca do coração
Pois ninguém é de ninguém

Beijinhos
luna

Sandra Daniela disse...

O Amor, a verdadeira entrega... Lindo!

O Profeta disse...

A magia mora contigo...a ternra é lago onde mergulhas os sentires...




Doce beijo

rui disse...

Olá Cleo

Lindo!
É com carinho que tratas as palavras e, a tua obra sai sempre perfeita.

Beijinho


PS. A "MAGIA" voltou!

suruka disse...

IMPULSOS

GRANDE DECLARAÇÃO
" ELE " SÓ PODE FICAR A FERVER
DE EMOÇÃO.

BJ

Oliver Pickwick disse...

A poesia é docemente linda, querida Cleo, porém de desfecho dramático. Tenho ressalvas quanto ao amor trágico-monumental, ainda que em versos.
Beijos!

SaM disse...

"És o sol
És o dia
És o meu sonho
Tornado realidade..."

Belo poema..

Lindo impulso para a alma... =)

BjO*

SaM*

[Entre o Céu e o Mar]
www.samuelrolo.blogspot.com

Vy disse...

Ola,

Hoje passo só para deixar um beijo, porque de mais não sou capaz.
Vy

Plum disse...

Lindo!!!***

FM disse...

Bonitas palavras as que escorres por aqui... Nunca percas o seu rasto.

Sandra Daniela disse...

Obrigada pelo teu comentário, e muito grata pelo link que me deixaste!!

beijo grande!

In Loko disse...

E é assim que gosto de te ver... correndo por campos (areais) sem fundo, sem limites... cheirar a terra o trigo... sempre liberta e asas abertas... o bailado do corpo eleva-se... e este teu texto mostra bem isso... Liberdade!!!

Beijinho meu menina Cleo!!!

L.S. Alves disse...

Ai! Ai! O amor que se entrega por inteiro. Por mais que passe o tempo o romantismo não vai embora jamais.
Um abraço.

Vício disse...

quantas vezes elas são usadas em vão!!
é preferível senti-las e não as usar...

Gerlane disse...

Quanta doçura e espontaneidade em tua declaração, genuína declaração de amor!

Beijos!

Dias disse...

Incrivel miuda, estás em mais um periodo de suplante.
Se normalmente te acho optima, o que dizer quando te suplantas ?...

Beijo muito agradado

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá Cleo, lindo amiga.
Bom fim de semana.
Beijinhos de carinho.
Fernandinha

Dark-me disse...

Entrega total!!
Não receies ir em frente...

Dark kiss

Verdinha disse...

gostei XD gostei tanto k te atribui um premio no meu blog, passa por la e ve :P

Nilson Barcelli disse...

Soberbo, é o que se me oferece dizer sobre este poema.

O amor é sempre uma dádiva total.

Beijinhos.

Secreta disse...

Bom fim de semana.

Kianda disse...

Respondendo ao comentário que deixaste no meu Blog...

Paz ... Calma ... é exactamente isso que eu sinto e simplesmente não consegui escrever ... mas pelos vistos deixei transparecer!
Paz ... Calma ... é exactamente isso que eu sinto ... sinto também falta do que me faz falta ... mas o que me falta já não é tão importante quanto esta tranquilidade que transporto agora comigo ... Faltam-me as gotas da tempestade ... é isso que falta, não é? Agarro-me ao sereno ... e sou feliz com o que me é permitido ter!

(",)

O Profeta disse...

Os pesares dividem as marés
A idade do ouro ainda tarda
Os anos passam como gotas varridas
Por um tempo que retrata o nada


Convido-te a saborear um absinto no meu espaço
pela Taça de Fino Ouro



Mágico beijo

Á flor da pele disse...

Fiquei a perambular por entre as tuas palavras...
Deixo-te um beijo

Branca disse...

Simplesmente lindo!
E a música ajuda a embalar...
Lindo, lindo, lindo!

Beijinhos

Vício disse...

...meu...

su disse...

Obrigado pelo belíssimo texto que deixaste à imagem... ao teu bom nível!
;)))
Bom fim-de-semana, amiga.

as velas ardem ate ao fim disse...

Ofereceste te sem medos:lindo!

bjinho

otário disse...

oiioioioioioioioioioioiooioio

oi! és tu k escreves isso?

Paulo Afonso disse...

Parabéns!
Tu és especial.
Beijo

MIMO-TE disse...

Simplesmente divino!
Penso que um verdadeiro amor só pode ser assim, é assim porque é! :)

bjo
Mimo-te

ÁRVORES DO SIMAO disse...

Pois é, cara amiga! Os teus versos são lindos de sonhar: Ora tu és ora eu sou ora nós somos; todos têm o mesmo escopo, como se diz por aqui, "transar" a felicidade com o ideal mesmo que seja nos "céus". Estes "céus" são só mesmo dos nobres poetas - tu és nobilissima.

abraço, simao