5250732-md

Ainda sinto no ar o teu perfume, que deixaste espalhado pelo quarto, quando saíste de madrugada, a coberto da escuridão da noite cúmplice, sem luar...
Deixaste-me embriagada e meio adormecida, abraçada ao que restou do calor das tuas mãos suaves, que, horas antes, me percorreram o corpo palpitante de desejo e me saciaram a fome de paixão que me atormentava o corpo e a alma, deixando-me completamente perdida da minha razão...
O teu sabor adocicado, impregnou-me a pele e o sentir, entranhando-se em mim, por cada um dos meus poros transpirados e salgados, anunciando a avidez urgente do tanto que me oferecerias sem eu nada te pedir com palavras. Leste-o nos meus olhos, lascivos... sem demora, debruçaste-te sobre mim e roçaste-me levemente, com os teus lábios cálidos, que dançaram sobre os meus, movidos pelo embalo de uma musica suave que se ouvia em fundo. As bocas entreabertas deixaram que as línguas se tocassem e se enrolassem num beijo urgente e interminável...
Foste descendo no mapa do meu querer, contornando as curvas, os montes e os vales humedecidos pelos gemidos roucos que se foram soltando aos poucos das nossas gargantas sôfregas e ébrias, toldando-nos por completo todos os sentidos.
Por fim, entraste em mim e torna-mo-nos num só ser, alheado do espaço e do tempo, numa frenética busca do tão ansiado clímax, que saboreamos a dois naquele derradeiro momento de prazer.
Emprestei-te o melhor de mim, para que me oferecesses o que eu sabia ser também o melhor de ti, nessa espécie de amor carnal salpicado de pecado, que nos arrebata e nos cega, correndo todos os riscos por um instante de loucura com hora marcada, mas liberto das algemas de um compromisso.

27 impulsos:

vício disse...

deixa-me dizer-te uma coisa ai ouvido... já era de dia!

Secreta disse...

Há pecados que valem a pena ... :)))
Beijito.

☆ tenshicris ☆ disse...

Sinto-me triste por não conseguir postar no meu blogue, sei que este blog é parte de mim e nunca o vai deixar de ser, mas o estado de espirito que me inspirava a cultivar este meu espaço não habita em mim com a frequencia e a influencia em que há uns tempos o fazia ...
Fica uma parte do meu passado, cheio de novas forças e novas pessoas, cheio de perguntas sem respostas, cheio de caminhos que me levaram até mim... Em breve terei um novo espaço onde levarei todos aqueles que mantive debaixo de olho nomeu blog e que me ajudaram de uma forma ou de outra … Beijinhos e um Grandaaa Obrigada!!! 

segredo disse...

k todos os teus pecados tenham esse excelente gosto;)
Momentos intensos pelo k descreves!
Beijinho*

as velas ardem ate ao fim disse...

Palavras para quê??sentimentos muitos.

um bjo

Octávio disse...

Um texto belíssimo e pleno de sentimentos.
Parabéns :)

Dias disse...

O texto, é teu logo,...

O conteudo, WILD :)

Beijo forte miuda

Sandra Daniela disse...

Pecado mais belo!!

Beijinho

LORENZO MONSANTO disse...

Porque emprestaste?

E não ofereceste? Não entregar tudo?

É isso?

Descrição cheia de imagética.

António MR Martins disse...

Lurdes,

Um texto pleno de erotismo, luxúria e amor, escrito da forma como só a "Cleo" sabe. Sublime.
Meu agradecimento por postar o lançamento do livro.
Bem haja.
António MR Martins

Oliver Pickwick disse...

Sabe muito bem que o termo pecado só entrou neste bonito texto, como uma especiaria do amor, um tempero.
Um beijo!

Daniel Aladiah disse...

Querida Cleo
Simplesmente lindo... não há palavras para descrever momentos assim.
Um beijo
Daniel

Gothicum disse...

"Tudo, aliás, é a ponta de um mistério, inclusive os factos. Ou a ausência deles. Duvida? Quando nada acontece há um milagre que não estamos vendo. "
(Guimarães Rosa)

...o mistério da paixão, da carne, do amor...é algo divino...que seja como um rio que corre sempre em frente...talvez vá dar a um mar...da tua felicidade. Abraços (é sempre um prazer voar até aqui)

man_60 disse...

Ola

Noto que continuas fiel aos teus principios e, não te queres afastar nem um pouco do sentido q tens traçado para atua vida.
Fico contente q passado tanto tempo te tenhas dado ao trabalho de ler as palavras q deixei no teu outro blog é com pena q sinto que não lhe dedicas alguns mini«utos da tau vida para o não deixares morrer mas, tambem fico contente por saber q ainda n te esqueceste dele pois só por esse facto soubeste das palavras q ne le escrevi.

No entanto tens aqui a continuação da tua obra que na minha modesta opnião continua com a qualidade ja demonstrada no outro espaço.

Os meus parabens pelas belas palavras q nos vais deixando e o bom gosto musical q nos brindas.

Continua e, quem sabe um dia deste snos voltemos a cruzae neste mundo um pouco virtual com muito pena minha.

Espero q as tuas palavras não fiquem apenas escritas virtualmnente espero sinceramente q as transcrevas religiosamente para o papel para q tenham vida proprioa q só o papel lhes dá.

Beijos.

www.freefotolog.net/man_60

Som do Silêncio disse...

Cleo!

Ler este teu texto ao som dos Bon Jovi...principalmente nesta música, é algo absolutamente...olha...nem sei!
:)
Esta música é linda demais...mas o teu texto, intenso, vibrante, lindo, e principalmente muito bem descrito...olha...nem sei! :)

Podemos de facto escrever, ler, sobre muitas coisas, muitos temas, mas o tema "fazer amor" a meu ver, supera sempre, e aí minha amiga, tiraste nota 20!

Beijo muito terno
Som

JuvePP disse...

Olá, Cada vez mais admiro mais a tua escrita, profunda reflexiva, crítica e muito criativa.
Adorei ler os teus últimos poemas.
Sê feliz. Beijinhos

as velas ardem ate ao fim disse...

bjo e boa semana

Menina do Rio disse...

Envolvente do começo ao fim. Pena que amanheceu...

Cleo, há muito que não conseguia entrar aqui. Hoje nem acredite que o blog abriu.

Esse texto tocou fundo em mim

Fica bem com um beijo de boa semana

Gleidston dias disse...

Hum e que momentos, pecados assim é sempre belo de se viver, parabens senhorita.

otima semana pra voce.

bjcss

ลndreia disse...

Oh!
Que palavras lindas! *

Desnuda disse...

Amiga querida,


que texto grandioso em emoções!!! Que beleza de sensibilidade! E que enorme talento.....Lindo, amiga. Sinto muito mais do que qualquer palavra para descrever... Sorvi cada frase poética.


* Querida, obrigada pelas palavras carinhosas. Digo com certeza absoluta que tudo é reflexo da beleza e bondade do seu coração.


Carinhoso beijo, Cléo!

Carla disse...

quentes sentires em belas palavras

ZeManel disse...

Cleo, que poderei eu dizer que não te tenha já dito? Nada! :))
Adorei a forma com descreves a mútua entrega de dois seres que se fundem num só.
Beijinhosss

manzas disse...

Sublimes versos escapam das almas dos poetas
Viajando até ao fundo dos céus como balões …
Suspensos ficam no tecto brilhando poesias inquietas
Reflectindo olhos orvalhados em prados de emoções

Dedicado a todos
Os poetas e poetisas
Deste mundo,
Os que já adormeceram,
E aos outros
Que ainda nem sono têm...

Bem hajam!

Uma boa sexta-feira e um melhor fim-de-semana…

O eterno abraço…

-MANZAS-

Nilson Barcelli disse...

E o que é que eu digo agora...?
Bem, este teu texto, tão sensual, arrasa qualquer leitor. Nem encontro mais palavras no mapa do meu conhecimento para te aplaudir.
Bom fim de semana, querida amiga escritora.
Beijo (algures no mapa da tua testa franzida...)

escarlate.due disse...

já disseram tudo, Impulsos
lindo!!!!!!

SAM disse...

Um singelo carinho, querida!



. . . . .♥♥♥.♥. .♥♥♥. . .♥♥
. . . . . ♥♥♥♥. . . ♥♥♥ . . .♥♥♥
. . . . .♥♥♥♥♥ . . ♥♥♥♥.♥♥ .♥♥
. . . . ♥♥♥♥. . . . ♥♥♥♥. . . ♥♥
. . . ♥♥♥♥♥♥♥. . . . .♥♥. . . ♥♥
. . . ♥♥♥♥♥♥♥♥. . . . ♥♥. . ♥♥
. . . ♥♥♥♥♥♥♥♥♥ . . ♥♥. . ♥♥
. . . . ♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥ ♥.♥♥
♥♥. . . . .♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥.♥♥
♥♥♥♥♥ . . . . . ♥♥
♥♥♥♥♥♥♥. . . .♥♥
♥♥♥♥♥♥♥ . . ♥♥
.♥♥♥♥♥♥♥ . ♥♥
. .♥♥♥♥♥♥. ♥♥
. . .♥♥♥♥♥♥♥
. . . . . . .♥♥
. . . . . . ♥♥
. . . . . .♥♥
. . . . .♥♥
. . . . . ♥♥
. . . . . ♥♥´´´´´´´´´´´


Beijos