Às vezes não te encontro
No emaranhado de pensamentos
Do velho sótão onde te guardei...
Dou voltas e mais voltas
Arrumo e desarrumo
Prateleiras empoeiradas
Carunchosas e pegajosas
Dos armários do esquecimento
Onde te escondes de mim...
Às vezes não te encontro
Quando em vão te procuro
Apalpando o vazio escuro
Do vale das distancias
Que entre nós se ergueu...
Às vezes procuro-te
No azul impulsivo
De uma chama mortiça
Delirante e condenada
E chamo-te num grito abafado

Para não perturbar o silêncio
Que envolve as madrugadas...
Às vezes não te encontro
Nas estranhas emoções
Partilhadas em segredo
E
que um dia

... deixamos em suspenso...

Às vezes não te encontro
Porque não sou eu que te procuro
É o meu inconsciente
Completamente desgovernado...



29 impulsos:

LuzdeLua disse...

Música perfeita, delicioso poema. Passando, deixo-te um beijo com carinho amiga.
Bjs

Por entre o luar disse...

Às vezes não te encontro
Porque não sou eu que te procuro
É o meu inconsciente
Completamente desgovernado...

Adorei:) porque o inconsciente tem coisas que o própio consciente desconhece:P
Beijinhos grandes :) e sorriso*

Secreta disse...

Talvez não encontres porque não és tu verdadeiramente a procurar , e sim o teu subconsciente, que o faz contra a tua vontade.
Beijito :)

Paulo Afonso disse...

Olá Cleo

É sempre um grande prazer estar aqui!
Mais um belo momento... que eu tão bem entendo.
Já te disse hoje que gosto muito de ti?
Pois, mas gosto!

E é o final do teu poema que guardo na memória;

"Às vezes não te encontro
Porque não sou eu que te procuro
É o meu inconsciente
Completamente desgovernado..."

Beijo

Plum disse...

Adorei a imagem!!!Abraços!***

Sha disse...

O nosso subconsciente é o nosso verdadeiro "eu". É ele o dono daquela vozinha interior que nos sussurra intuições, alertas, dejá vu's... E tem cores, sons e sabores que só nós reconhecemos!

Não estará o inconsciente desgovernado por querer perder-se nas voltas do consciente?

Sabes, conscientemente, é no meu subconsciente que eu encontro a maioria das caminhos a seguir na encruzilhada da vida.

Beijinho grande
Sha

Vício disse...

grande parte das vezes não se encontra procurando!
nessas alturas acontece aparecerem coisas que nessa altura não têm a utilidade que tinham noutra altura e talvez distraiam do que realmente nos faz falta...

Sandra Daniela disse...

O nosso inconsciente por vezes prega-nos verdadeiras partidas... umas vezes lembra-nos de memórias que preferiamos esquecer, outras memórias há, que o inconsciente as guarda tão bem..tão bem,que parecem que elas não existem, mas no fundo, está la... uma caixinha bem guardada... no inconsciente, ou... no coração!

Francieli Rebelatto disse...

E estamos sempre à procura...
Estamos sempre dispostos a procurar mais e mais...E por isso amar, imensamente...

Lindas palavras e com tanta intensidade...

Beijos

su disse...

Intensidade absoluta e mágica...
Temos tantas vezes em turbilhão desalinhado os pensamentos e todas as nossas emoções e recordações...quando espreitamos lá para dentro desse tal sotão voam todos e não encontramos o que queremos em especial...ou então assaltam-nos eles asim sem mais nem menos.
Somos as vítimas de nós mesmas: as assaltantes.

beijo bem grande.

Suave Toque disse...

"Ao longo da formação da personalidade nos tornamos seres que pensam e que podem mudar a nosso história,privilégio indizível da espécie humana. Somos uma espécie inteligente num universo desconhecido. Só nao se encanta com a vida quem está sufocado por preocupações, atolado com suas atividades e não consegue ver além da cortina das suas dificuldades."
Augusto Cury.

Desejo a ti um feliz final de semana.
Beijo de carinho.
Elcia Belluci.

Dream Alive disse...

Tu procuras enquanto ele te chama... procuras aquela parte de ti que faz toda a totalidade de que és feita, aquele nivel de capacidade de amar sem limites.

Mas sao os medos e os acontecimentos negativos que nos bloqueiam; um dia haveremos de despertar, um dia ja nao havera nada que se deseje porque teremos tudo na medida da Grandeza do Universo que pulsa e ama tudo aquilo de que somos feitos!

Beijos!

Daniele disse...

Poetisa predileta e amiga Cleo, em suspenso no impulso, em silêncio, apalpando o vazio, totalmente embriagada pela beleza, pela magia que há no tecer dos sentimentos...eu me permito permanecer.

beijos na sua alma,

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá minha querida, bom fim de semana.
Beijinho de carinho.
Fernandinha

su disse...

Voltei aqui para te dizer que te deixei um desafio lá na Teia...talvez não seja o teu jeito e hábito responder a desafios...mas como este é com palavras e nós podemos fazer delas o que queremos...pode ser que te agrade!
Beijinhos grandes e bom fim-de-semana.

as velas ardem ate ao fim disse...

Passei a gostar ainda mais de Azul!
bjinho grande

Sandra Daniela disse...

Um beijinho e desejo um bom domingo em tons de Azul


P.S: Reli o teu poema e gostei ainda mais... :-)

Oliver Pickwick disse...

As marcas do amor guardadas no sótão, separados pelo vazio do vale das distâncias. Criativo e original, prezada Cleo!
Beijos!

Iana disse...

Olá.. cheguei lendo e relendo os poemas e amando...
Tenha uma boa semana
beijo
Iana!!!

Sonho & Sedução disse...

Embora o incosciente procure desgovernado... o coração sabe bem onde está...

BEIJO COM CARINHO

gasolina disse...

Gosto muito deste Azul. Mesmo empoeirado, vasculhado em prateleiras de coisas esquecidas...

Muito intimista este texto, muito belas esas palavras.

Um beijo

Dias disse...

Grande som miuda.

Gosto imenso da imagem, como sempre.

E, se já não encontras é porque perdeu importancia e apenas continuas a procurar pelo impulso ou pelo habito. Se isso é bom ou mau já não faço a minima...

Beijo

Carla disse...

entre o sonho e a realidade, entre o ser e o querer!
que lindas palavras numa espaço cheio de beleza

tempoparaamar disse...

Por vezes também procoro e não encontro...Beijos...Salomé

Skiweb disse...

Fabulosos...
O som eo texto...
bjs:)
Tanks por passar por lá (no clik)!!

Ana S. disse...

Ás vezes o inconsciente é poderoso e damos por nós fazendo coisas que não deviamos :)
Boa semana.
Beijinhos

Som do Silêncio disse...

Sempre que aqui venho, tenho sempre a certeza que vou passar um momento em grande.
E sabes? Nunca me engano!!!
E para este texto, deixo-te apenas uma palavra.....fantástico!

Beijo

Menina do Rio disse...

Pois é...nosso inconsciente desgovernado vive sempre à procura.

Cleo, deixo-te um beijo

SAM disse...

(...)Às vezes não te encontro
Nas estranhas emoções
Partilhadas em segredo
E que um dia
... deixamos em suspenso...


Maravilhoso texto, querida.

Beijos com carinho.