Queria escrever algo leve
Que não me pesasse na alma

Algo como um floco de neve
Ou como um sopro de calma


Lembrei-me daquelas sementes
Que havia nas paredes
E nos muros do campo
Lembro-me
Que as soprava ao vento
E voavam como um pirilampo...

Queria escrever algo leve
Que flutuasse...


... como um lindo sonho

Que povoa a noite de uma criança
E torna o seu rosto risonho

Ali... na sua caminha

Tranquila
Em segurança

Queria escrever algo leve
E que quase nem se notasse...


28 impulsos:

Dark-me disse...

Pois olha que conseguiste escrever algo leve, lindo mas nota-se mto bem!! :))

Dark kiss

Diva disse...

Escreve sonhos...
Bjs meus

P.S. Finalmente aprendi a linkar hahaha... assim que tenha um tempinho linko-te ( com atraso)se permitires, claro.

su disse...

...leve muito leve como quem chama por ti?! Alguém ou o tempo? A alma ou a vida lá fora? Suave ritmo com suaves intenções e melodia interior vibrando ao sabor desse teu sereno desejo e sentir.

Belíssimo, enfim...

Beijos grandes aqui da Teia.

Som do Silêncio disse...

Olá!

Mesmo que seja muito leve, tudo, mas TUDO o que escreves...nota-se sempre!

Beijo terno

Daniele disse...

Minha tão querida amiga e poetisa Cleo, quero lhe agradecer profundamente a generosidade e o carinho à minha pessoa nessa ausência. (Sabes bem que é recíproco)...e me embriago nas leveza, beleza que burila os sentimentos em forma de poesia...E com a alma flutuando eu me permito a permanecer nesse espaço lúdico, que me encanta sempre mais.

Beijos na sua doce alma,
da amiga e admiradora
Dani

Kianda disse...

Notou-se.. e ainda bem!
Foi tão leve.. ke levitei com as tuas palavras...
Soube mesmo bem chegar ao fim do dia e passar por aki =)

http://wwwjuvepereira.blogspot.com disse...

Olá Cleo
por ser leve, solto mas muito sugestivo, querias que não "se notasse". Temos pena porque notou-se e o poema é lindo. Faz-nos recordar a infância. Santos tempor de "pirilampos"
Beijinhos

LuzdeLua disse...

Pois ficou lindo, leve e gostoso de se sentir.
Passando, deixo um beijo com carinho.
Bjs

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá amiga, lindo poema...Escreveste algo leve que voou até mim.
Beijinhos de carinho,
Fernandinha

Sandra Daniela disse...

E de tão leve que é, notou-se a expressividade e beleza das palavras!

:-)
fica bem

Conceição Bernardino disse...

Olá Cleo,
como sabes ando um pouco fugida dos blogs, talvez um pouco desligada.
Tenho que dar mais atenção aos blogs.
Hoje andei por aqui e deixei-te um mimo no meu blog um prémio que me enviaram a mim e como acho que também o mereces pela beleza do teu blog, escolhi-te.
Beijinho

Conceição Bernardino

Black Rose disse...

Acabas-te por escrever algo profundo no qual me marcaste...

L.S. Alves disse...

Se for leve leve talvez não notem se aparentar leveza é possível que fique na memória. Leve é efêmero. Leveza é uma qualidade de algo mais sólido, mais robusto. É a qualidade de algo que permanecerá.
Desejo-lhe muita leveza. Nos escritos e na vida.
Um abraço.

Secreta disse...

Algo leve escreveste , mas não passa despercebido :)
Bonita a nova imagem!
Beijito.

mªjose m disse...

:)
Fizeste-me sorrir!!!
Comentando levemente, assim num jeito solto, como algumas vezes gosto.

leve... ao de leve!
Também me lembro dessas flores. Como gostava, ao soprar, de as ver soltas, ao sabor do vento.
Quase não se notavam quando subiam mas talvez também por isso se tornassem belas (como o teu poema)

Beijinhos

Brain disse...

Com a leveza no intento,
E a tranquilidade nas palavras,
Fica a força do momento,
Desde que começas,
Até que acabas!

Impulsos,
Algo silencioso mas...
Always around!

Um Beijo meu

GZ disse...

nota sim...

suave
leve
solto
simples
bonito

a pureza das palavras e dos sentimentos que patrocinaram este poema... NOTA-SE e bem

fantástico.

beijos GZ

Por entre o luar disse...

Leve mas bonito=P

Beijinhos com sorriso:)
volta sempre=P

adc disse...

Hummm... dentes-de-leão?!

Leve e virtual oferta... no meu blog.

Defensor disse...

Salve...
Ser sutil e leve, principalmente com as palavras é algo que nem todos os seres humanos conseguem...
Abraços

Gerlane disse...

Parabéns pra ti! Conseguiste o que querias:há muita leveza no teu texto!

Beijos pra ti!

MIMO-TE disse...

Primeiro este video est� fabuloso :) lindo, lindo!!! :)

Segundo, conseguiste, mas perdoa-me ter que escrever isto, mas que se nota, notaaaaaaaaaaaaaaaaa.
Bjo
Mimo-te

anapaula disse...

E conseguiu viu? :D
Mas eu notei :*

mixtu disse...

levemente
batem palavras
soltas...
destinatário...
levemente...

abrazo serrano

FM disse...

Aqui está um jogo de palavras deveras interessante...
Beijos com Essências.

Sonho & Sedução disse...

Leve o suficiente para tocar a alma...

Beijo com carinho

suruka disse...

Pois até conseguiste
è leve e intenso o que escreves aqui. E TROUXESTE-ME DE VOLTA A INFANCIA.
No meu tempo de menino, á vinda da escola apanhavamos essas leves flores e sopravamos com força. E assim mediamos a calvicie dos nossos pais.

Quanto mais despida ficasse a flor mais os nossos pais eram carecas.
Era só imaginação, pura e inocente.

bj

Oliver Pickwick disse...

Queria e escreveu. Só que todos nós, seus amigos e leitores, jamais poderiam deixar de notar tão belos versos.
Beijos!