Because of... Leonard...




O poeta envelheceu...
Ele sabe que sim!...

...
Os poemas que escreveu
Outros tantos que cantou
Os amores que viveu
As almas que encantou
...

"Olha para mim...
... uma ultima vez!"



"Por vezes retiram-te o mundo e varrem os restos dos desaparecidos para debaixo do tapete. E há alturas em que, por acidente, nos acercamos do chão, demasiado próximos como que em confidência, e recordamos que, algures, por aí, existe quem nos recorde as marcas que tivemos outrora e que agora só ardem de quando em vez. Por tudo isso, juntamos os molhos de fotografias usadas e que não ousámos deitar fora, os lápis de cor da infância que tanto tempo desenharam; as roupas já gastas e que não se apegam mais ao corpo, como os outros que nos cercam: por fim, tudo se junta no centro da sala exangue: exorcisam-se os olhares de desejo que nos tocaram ao de leve e , depois de tudo, olhando sôfregos pelo tapete, deparamo-nos com aquilo que já lá não está e não sabemos mais quem somos."

Sérgio Xarepe

37 impulsos:

libertynus disse...

sabes, isto talvez seja um sacrilégio, mas quando conto algumas das minhas historias sinto-me na pele de sse sentir...

sony disse...

Olá Cleo, não é à toa que se fala na IMORTALIDADE dos poetas, as palavras escritas ou não podem tornar-se "imortais"...permanecem "vivas" dentro da alma de quem as Lê ou ouve!
Lembranças que perduram...
Um bj
Sony:-)

Vertice da Alma disse...

Gostei de te ler.Espero voltar
Bom fim de semana

collybry disse...

Mas a poesia jamais...

meu doce beijo

Afonso disse...

Belo poema. Gostei imenso.

Até breve . . .

littledragonblue disse...

Olá amiga.
O Poeta é eterno, e é eterno porque o seu poema perdura no infinito e é recordado de geração em geração.
Desculpa a minha ausência. Vejo que tens novidades, só hoje pude ler os comentários. Mas estou bem e a gostar imenso.
Um beijinho para ti e votos de uma excelente semana

Isabel disse...

O Poeta envelhece mas a sua obra, quando feita com alma. perdura eternamente.
Bom fim de semana

Bjt

zetrolha disse...

Só falsidade aqui...já o teu poema!Já vi melhores.

Phiwuipa disse...

Quando pderes passa pelo meu blog :)!

Bom Domingo...

*Beijinhos*

Som Do Silêncio disse...

Bom dia minha querida,
Um belo e intenso poema sem dúvida.
Mas o poeta jamais morre, ele é imortal nas palavras que escreve.

Um Beijo em Silêncio

o alquimista disse...

Um poeta nunca morre, só se afasta um bocadinho...

Saberás, que as palavras, soltas ditas ao triste e leviano acaso, são um rio de sal, desenganos, viagem que desagua em embaraço. Porque existem sempre palavras ditas, por toda a santa gente, doces, amargas, arrasadoras, em boca de quem muita vez mente.
Uma palavra solta da boca impura, é monstro que afugenta a luz, sortilégio de negro anjo, o lado mais escuro da lua que a alma seduz...


Bom domingo


Doce beijo

JuvePP disse...

Olá Cleo,
Gostei imenso do teu poema. Cada palavra lida é duplamente sentida. São palavras sibilinas que o leitor terá que descodificar sentidos. Pessoalmente gosto deste estilo, toca mais o leitor. Beijos grandes e sê feliz.
P.S. Obrigada pelo teu comentário, no outro lado.

As cores da vida disse...

Não podemos deixar que nos varrem a alma; que nos varrem a capacidade de amar, de sentir e, até mesmo de sofrer... porque queremos continuar a Viver e, para isso, precisamos de querer ser quem somos.

:)*

Menina do Rio disse...

Morre o poeta, imortaliza-se a poesia...

beijos

Bia disse...

Um poeta nunca morre, pelo menos no coração de quem o lê...
beijinhos
;)

anne disse...

E o poeta segue só
Atravessa o mundo e está só.
Inquieto, chora, lamenta.
Ausências, certezas ilusórias
Dores.
Vida e gritos que ecoam de dentro.
e fora de si.
O poeta segue só
Questiona-se entre SER e não SEr.
Atravessa o mundo e está só, mas com a alma repleta de segredos.

Olá linda, o poeta está vivo em sua poesia. Muitos beijinhos.

sonhadora disse...

Sonha. Sonha sempre.
Beijinhos embrulhados em abraços

happiness...moreorless disse...

como sempre, gostei de te ler =)
poema muito giro!

****

Som do Silêncio disse...

Gostei muito de te ler hoje...

Beijo Silencioso

Existe uma estrela no céu que ninguem vê senão eu! disse...

Amiga ainda não tinha reparado que eras tu :P mas como sempre bom gostos musicais, tambem gosto do teu eu, mas é menos luminoso :P
bjs

Sleeping_Angel.69@Hotmail.com disse...

Quem te pega na mão e te toca no coração, dá-te amizade verdadeira

Kianda disse...

O poeta é um fingidor...!
E já nem sei quem sou... hoje!

Carlos D disse...

mais um sorriso teu
desta vez na voz do poeta cantor.
O homem morre mas o poeta não
faz parte da poesia.
obrigdo pelo teu sorriso

bjs e um sorriso genuino

Dias... disse...

As fotografias, os lapis, as roupas... ajudam-nos a lembrar quem fomos e porque o somos agora.
São os adereços da lembrança e da confiança, para mim, muito mais importantes que os verbos por ai espalhados.

Beijo

A.S. disse...

Belo texto! O passado são os alicercer de uma vida!...


Um terno beijo!

Brain disse...

Impulsos,

Uma única palavra: ESPECTACULAR!

Beijo.

Ana S. disse...

Mesmo que o poeta envelheça, a sua obra será eterna!
Beijos

serenidade disse...

Os poetas permanecem nos tempos para além dos tempos....

DEsejo para ti, amiga...


Boa semana.

Sereno sorriso.

marco disse...

OLA boa noite!
eu nao sei o que dizer nem escrever, por isso vai ficar em branco..beijinhos!

marco disse...

.

Filipe Oliveira disse...

They make a secret place
In their busy lives
And they take me there.
They become naked
In their different ways

Os poetas têm esse efeito, de ocupar um espaço nas nossas vidas e passam-nos a conhecer como ninguém.

zetrolha disse...

Último aviso:
Se não comentarem o meu blog,vou dar aqui um peido.

Sleeping_Angel.69@Hotmail.com disse...

Nós que passamos horas
Em frente a um PC
Dia após dia,
Partilhando as nossas vidas, os nossos sonhos,
Os nossos medos, os nossos erros.
Um dia tudo se modificou,
vocês transformaram-se
Nos meus mais queridos e estimados amigos.
Vocês são tão importantes
Para mim
Como qualquer um
Dos meus amigos pessoais,
Sorrimos,
Compartilhamos as nossas brincadeiras.
Contamos as nossas histórias.
Os Amigos
Unem-se Pelo Coração
Sem palavras,
Sem compromissos,
Sem cobranças,
Sem trapaças...
Sem interesses,
Sem susceptibilidades,
Sem expectativas,
Sem culpas,
Sem vaidades...
Quem pensa que engana,
Engana-se...
Não é possível
enganar um coração!
Somente os sentimentos
podem unir pessoas
Quaisquer que sejam.
Sejam bons ou maus,
a reciprocidade faz o elo.
Amigo virtual
É aquele que se quer
E que nos quer bem.
Amigo ao qual nos acostumamos.
Amigo que imaginamos os olhos,
o sorriso, o perfume,
o corpo, a cor dos cabelos, o tom da voz!
Amigo que sentimos muita vontade
de conhecer pessoalmente.
Amigo a quem desejamos dar e receber um abraço.
Amigo que queremos ver sorrir
A todo instante!
Amigo a quem desejamos sucesso
Em todos os eventos
E momentos da sua vida.
Amigo ao qual desejamos que encontre
a felicidade pelos caminhos que percorre.
Ao abrir as mensagens sentimos
o calor humano, o calor morno,
Suave que nos toca.
E quantas vezes damos por nós,
a chorar, ou a rir ao ler o que colocam
As piadas, os poemas,
os textos...
a todos, meus amigos virtuais,
Obrigada, por existirem!
Que o nosso elo seja verdadeiro,
Um sentimento de coração a coração!...
Meus melhores amigos da net!
Obrigada
Por serem meus amigos de Internet!
Hoje sem um ecran a separar-nos
Hoje amigos de verdade!
Para vocês:
Os meus sorrisos, e os meus sentimentos...
E todo o meu carinho!

Monólogos.by.Paula disse...

Cleo,

As palavras escritas jamais se perdem...perduram.

Bjinho

Secreta disse...

Olha para mim ... guarda-me no teu olhar!

VICIO disse...

triste é se deixarmos de saber quem fomos porque isso, por mais que digamos que sabemos quem somos, tira todo o sentido a tudo o que dizemos.

suruka disse...

O Poeta sabe que sim.
Esta consciencia da realidade,
é dificil aceitar.

E a nós que não somos poetas,
vai acontecer-nos o mesmo ?


beijos