Nesta espera... a derradeira...

Um dia estive lá...
No topo do meu mundo
Cercado de paredes frágeis
Onde fui dona do meu sonho...

Houve desejos...
Alguns satisfeitos
Outros que ficaram
Algures a meio...


Houve tempo de sobra...

No tempo de espera
Houve tempo de glória

Houve tempo perda

De tanto tempo
Do tempo sem hora...


Um dia estive lá...

Sentada numa cadeira
Rodeada pelos lobos...
No topo do meu mundo
Presa sem o saber
Na minha enorme cegueira...

Hoje... sou uma alma só

Que presa continua
Mas... a outra cadeira

Sem ver sol nem lua

Apenas os lobos
Não me abandonaram...

Na longa espera
A derradeira...

27 impulsos:

Carlos D disse...

não podemos estar
amarrados á cadeira
muito menos esperar
a vida inteira

os lobos soltar
caminhar até ser dia
porque sem esperar
se encontra a alegria

bom fim de semana

bjs e um sorriso

Nilson Barcelli disse...

Magnífico poema, cara amiga.
Muito bem escrito e que gostei imenso de ler.
Bom fim-de-semana.
Beijinhos.

Sandokan disse...

Tudo o que existe, tu és; os teus pensamentos, a tua vida, os teus sonhos são realidade. És tudo o que escolheres ser. És tão ilimitada como o universo infinito.

Vem ao meu blog

http://lusoprosecontras.blogspot.com

falar com o meu JUIZ e com o GONÇALO.

Bom fim-de-semana!

DelfimPeixoto disse...

A tua alma não pode estar presa a nada, muito menos a uma cadeira... mesmo que o corpo esteja, a alma pode voar...
jnhs doces

mnemosyne disse...

Na boca das palavras a boca da alma...profundo este teu poema.
Um beijo e um abracinho :)

Kianda disse...

Olha com o coração.. e vais enxergar muito mais que lobos à tua volta =)

A.S. disse...

A liberdade que procuras está dentro de ti! Ousa abrir as portas ao mundo e afugentarás os medos... e os lobos!


Um terno beijo!

José Alberto Mostardinha disse...

Olá:

Que essa espera seja coroada com algo de gratificante.

Vim desejar-te um óptimo fim de semana.
Tu merece :-)

Um abraço,

Ana S. disse...

De tanto esperar, a esperança diminui mas enquanto tiveres companhia (mesmo que seja a dos lobos) vale a pena.
beijinhos

Som Do Silêncio disse...

Lindo e muito emotivo o teu poema.

É sempre um prazer passar pelo teu cantinho.

Um beijinho e bom fim de semana

suruka disse...

Ola impulsos

Na ultima espera
pelo menos a alcateia "os lobos",
nao abandonam os humanos.

Lindo imaginário.

bj

Ana disse...

De sonhar ninguém se cansa, porque sonhar é esquecer, e esquecer não pesa e é um sono sem sonhos em que estamos despertos.

Dias... disse...

Desculpa intimizar desta forma o reply mas: a "enorme cegueira" valeu a pena. Tu afirmaste-o ao longo de dezenas de belos poemas: VALEU A PENA!

O preço, "sem Sol nem Lua" é o justo preço, paga-se porque VALEU A PENA!

Bem hajam os Lobos.

Beijo

sony disse...

Se valeu a pena mas já não vale...não esperes!
Muda de cadeira!
Muda de casa!
Muda de vida!
Não esperes...A vida não espera por ti!
Adiante!
Bjs Sony:-)
Se vale a pena...Luta!
Se não vale...Adiante!
Se valeu...é passado!
Bjs Sony;-)

Anónimo disse...

NUNCA LI, NOS PERFIS DOS BLOGS, FRASE MAIS ESTÚPIDA QUE A DESTE!!!

In Loko disse...

Vale sempre a pena minha amiga, com os erros, hesitações e traições, vale sempre a pena pois crescemos, e cada vez mais estamos perto daquilo que desejamos. E tu com tua força, teus sonhos, vais consegui-lo sem dúvida alguma!Desistir é que NUNCA!!! Beijinhos grandes...

o alquimista disse...

Um dia estarás em tanto sitio...


Um raio de fino luar, tocou a tua alma inquieta, abriu-se de par em par a janela, deixou entrar o amor, paixão desperta...


Bom fim de semana


Doce beijo

impulsos disse...

anónimo
Tens razão, é uma frase estúpida...
Mas é ainda mais estúpido quem a não consegue compreender!
E tu, sabes de onde vens?
Sabes para onde vais?
Mas sabes que existes.
Ou será que não existes?
Se não tens a coragem de dar a cara... penso que nem existes!
Pois... bem me parecia!!!

Plum disse...

...até o sol chegar!
Bom fim de semana!***

sony disse...

Boa tarde Cleo,
existe cada um!
mais estúpido é quem não tem tomates para assumir o que pensa!
Bom fim de semana Cleo!
Beijos para ti e quem passa que não tenho tempo de visitar:-)
bjs
Sony

Mel de Carvalho disse...

É, minha amiga, em certos momentos, apenas os lobos não nos abandonam...

Beijos e danças com lobos
Mel

Som do Silêncio disse...

Olá!

Muito bonito o que acabei de ler...
Tens um Dom. Usa-o!

Beijo Silencioso

serenidade disse...

A espera pode ser longa, pesarosa, ensurdecedora, mas valerá a pena... lá no destino, que não existe, será a hora de se olhar para trás e ver... as pedras que colhi, que me fizeram cair permitiram construir-"me", ser quem sou... e já és uma linda mulher, com um coração enorme.

Bom fim de semana...

...sereno...

Thunder disse...

Gostei do poema e a imagem é bem ilustrativa do poema.Bjs.

sonhadora disse...

Bom fim de semana.
Beijinhos embrulhados em abraços

Dias... disse...

OFF TOPIC
responder a Anonimos é um mau principio.
Offbeijo

VICIO disse...

a derradeira espera começa com a nossa existencia!

não comento a foto porque sabes que gostei bastante!