Respondendo ao desafio feito pela
Rosa Maria Anselmo e pelo Nilson Barcelli Aqui vos deixo o meu contributo para essa encruzilhada[Compôr um post em prosa/conto ou poesia com o título dos últimos 10 posts, usando outras palavras, pelo meio, para dar sentido ao todo] Não seguindo à risca o regulamento, pois se repararem, não tenho títulos nos meus últimos posts...

Teço o instante no meio de um silêncio gritante, quase ensurdecedor... em que me encontro contigo no mundo dos meus sonhos, onde o tempo pára e nos devolve o presente que no passado nos deliciou e que um dia se perdeu no desgaste da vida...

Perco-me em fantasias que me povoam os pensamentos e me toldam os sentidos... recordo o perfume que me embriagava os dias e me adormecia as noites passadas em claro!

Aquele momento de magia em que as bocas se calam, o coração palpita e as mãos... trémulas... denunciam o sentimento que só a alma conhecia até então e o guardou em segredo.

Mas como tudo na vida, há sempre um fim que dita o fecho de um ciclo...

Foi ali mesmo, na velha ponte de madeira, que dobrei a tristeza e a rasguei em pedacinhos tão pequenos quanto os vestígios do sal das minhas lágrimas, vertidas ao longo de quatro anos da minha vida... lancei-os na água do rio que os levou na corrente para longe do alcance da minha vista.

Na longa distancia que nos separa, os muros existem... é um facto! Mas o jogo da sedução não conhece regras nem limites e mesmo não parecendo... ele existe!

Enquanto houver sonhos no horizonte e os desejos flutuarem muito além das palavras que forem ditas, não haverá nada que consiga travar os impulsos cegos e surdos que se riem das verdades e das mentiras.

Na contradição do sentido sem grande sentido... invento um fim!

Toca-me...

Novos desafiados
Dias
Daniel Aladiah
In Loko
Paulo Afonso
Serenidade
Teia de Ariana
Som do Silêncio
Lurainbow
Suruka
Ana Scorpio

Sei que não tenho estado muito presente nos vossos blogs, mas o tempo não tem sido muito... não esqueci ninguém e lá vos irei visitando aos poucos.



34 impulsos:

M@ri@ disse...

Ola linda Cleo
Peço desculpa so agora vir responder a teu coment ,mas eu tenho tido problemas no meu pc e nao conseguia comentar ninguem,finalmente esta resolvido.
:)))))))
Desejo te um lindo fim de semana cheio de paz
Deixo um Big Kiss
xoxoxx
M@ri@

Nilson Barcelli disse...

Tal como eu previa, respondeste ao desafio com um texto excelente.
Bom Domingo.
Beijinhos.

Dias disse...

Brilhante a forma como constrois este Post, sem Titulos nos ultimos Posts.

Brilhante a forma como te comentas e complementas a ti propria.

Musica - do PIOR que te tenho ouvido...

Muitos parabéns por teres sido desafiada.

Muitissimos parabéns pela resposta ao Desafio.

Parabéns aos mimados e obrigadão pelo miminho :)

Beijo enorme. muy agradecido.

Sant'Ana disse...

Não sei se o texto é feito de retalhos. Só sei que gostei e muito.

su disse...

Pessoalmente, sempre adorei esta música, apesar de saber que ela não me costuma acompanhar um estado de espírito muito famoso. Mas é linda.
O texto...se é uma manta de retalhos da tua própria vida ou se é uma colecção de palavras, seja o que for, combinam-se e vivem artisticamente de uma forma extremamente harmoniosa e bela. Sentimos o movimento das palavras, das vontades, dos desejos, das frustrações, das impossibilidades e da sempre eterna e final esperança. Imaginamo-nos sobre a ponte, acenando a um outro futuro qualquer, sendo que o passado voa como capa alternativa e sombria que vai ficando, aos poucos e poucos, para trás!
Lindo!

Bem, já sou desafiada para este mesmo desafio duas vezes...só tenho mesmo é que fazer qualquer coisa, apesar de ser complicado...os últimos posts lá na Teia têm sido efemérides e ciclos de cinema...vamos ver o que sai! Obrigado pela lembrança!

Beijinho grande, amiga!

Daniel Aladiah disse...

Querida Cleo
Lindo texto! Não sei se conseguirei fazer algo dos últimos 10, mas tentarei....
Um beijo
Daniel

Oliver Pickwick disse...

Habilidosa, hein garota? Ao aceitar o desafio, você acabou escrevendo "o melhor de cleo & impulsos".
Um beijo, e tenha a melhor das semanas!

lurainbow disse...

Sera que aprendi ???
Não sei so o futuro e a vida o dira ... vou aceitar o teu desafio e vou aproveitar os titulos de uns posts que anulei a semana passada. Detesto escrever em poesia ou prosa , mas vou tentar . Acho k vai resultar e ... como anulei o poema k ia sair no livro " Aguas do verso " e tenho k fazer ou escolher outro pode ser k seja este ;)
beijinhos
Beijinhos

Bem e isto ñ é facil... mas o teu esta o maximo , para variar . Olha por acaso ñ queres participar no livro ? Ja tinhas sido convidada? Deram-me autonomia para o fazer . Queres ???

karla disse...

1 desafio desses n e facil d concretizar.. mas este, esta perfeito... ;)

bjinhos

Rosa Maria Anselmo disse...

Ola Cleo
Estou orgulhosa por te ter desafiado... sabia, tinha a certeza que o resultado do mesmo ia ser brilhante... e foi mesmo!!!
jinhos
Rosa maria

Lua disse...

Só te posso dizer que gostei mesmo muito de ler.
beijo

Vício disse...

se todos os momentos que vivemos encaixassem com tanta perfeição como esse retalhos escritos... era tudo muito mais harmonioso!

Secreta disse...

Consegues sempre surpreender com a tua escrita. Bonito , mm!
Beijito :)

Um Momento disse...

Adorei o texto !
Com titulos ou sem eles está lindo!
Parabens por mais um desafio
Deixo um big beijo... em ti
(*)

seforis disse...

:-) eu visito-te por ti...está lindo! Um beijo!

JuvePP disse...

Olá Cleo,
Alegra-me que a ideia tenha pegado. Sempre disse que os títulos dos teus poemas, com um pouco mais dariam lindíssimmos poemas. Ora aqui está um exemplo ainda mais bem conseguido do que o da primeira vez.
Beijos e profícuas inspirações poétcas

suruka disse...

Olá IMPULSOS
Compreendo bem.
Tambem eu ando com falta de tempo.

Aceito o desafio.
e deixo-te um bj

Branca disse...

Lindo!
Não é preciso dizer mais nada...

beijinhos :)

Márcia disse...

Bem... com uma encruzilhada tão perfeita só te tenho a dizer que as tuas palavras tocam-me sempre que te visito...


Beijinhos

O Profeta disse...

Pelo caminho da minha lembrança
Semeei o vago na tua procura
No tear da incontrolável vontade
Teci-te um manto da…seda mais pura…

Esta é uma preciosa vontade minha
Vinda do fundo do coração
Que tenhas mil venturas este dia
E nunca percas a paixão

Boa semana


Mágico beijo

MIMO-TE disse...

Lindo e cheio de criatividade! :))

Beijos e miminhos para ti.

Adoro a música. :))

http://intimomisterio.blogs.sapo.pt/ disse...

Parabens pelo blog :)

Beijo
Arte de Amar

Menina do Rio disse...

Eu recebi este desafio e estou em falta com quem me passou. Tu te superastes!
Um beijo

Betty Branco Martins disse...

Olá minha querida





______________belíssimo





este teu poema




________sentir_______nos






sentires________[...]






beijO c/ carinhO

Diva disse...

LINDOOOO!!! E mutio inspirado...
Bjs meus

Som do Silêncio disse...

Olá simpática!
É, não me esqueci que me desafiaste...e hoje vou cumprir o desafio. (esta noite)
Espero que o resultado seja aceitável.

Bjs :)

SAM disse...

Querida Cleo. Belo...belíssimo! Emocionou-me.

Este texto é um presente para quem o lê.

Beijos querida!

MªJosé M. disse...

Magnífico texto!
- desafio superado -
deste jeito que me deixa quase sem palavras.

Disse um dia desses e repito-o por aqui.
Posso passar por vários espaços,muitas vezes por acaso.
Mas nunca foi ou é por acaso que neles páro e leio , sinto as palavras, a musica...
No fundo talvez porque me reveja no que colocas -apesar de saber como pode ser subjectiva a escrita - provavelmente tambem por isso.

Como dizes:
... Enquanto houver sonhos... não haverá nada que consiga travar os impulsos cegos e surdos que se riem das verdades e das mentiras..."

Também tenho estado mais ausente - o tempo... "encolheu" por motivos profissionais e pessoais
UI.... alonguei -me :)

beijinhos

marco disse...

parece me complicado fazer isso, mas o teu ficou lindo, como sempre!

beijos complicados!

borrowing me disse...

ficou... maravilhoso.
e acabou tudo por fazer muito sentido.

bjs e resto de boa semana

A. Jorge disse...

Adorei. Ainda bem que tive i impulso de vir at� c�!

Abra�o

Jorge

http://vagabundices.wordpress.com/

lampâda mervelha disse...

Deixa o tempo para lá.. do tempo :)

Bjs :)

Richard Womack disse...

Health is the state which medicine has nothing to say! Beautiful,Bravo

Luis F disse...

A capacidade de compor com palavras, transmitir os sentimentos em frases, escrever textos com alma é um dom que poucos conseguem...

Tu és a poetisa e tens a alma de quem sente a chama da poesia em ti...