Momentos de alma nua...



Porque há momentos em que as memórias nos rasgam as vestes...
E nos deixam assim... nuas...
Nuas de tudo e de todos...
... ficamos com a alma absorvida...
E deixamo-nos cair nas fotografias que passam por nós...
E por um instante... a vida fica suspensa no espaço...
... e no tempo...

40 impulsos:

serenidade disse...

Maravilhosas as escolhas musicais.

A Alma fica a descoberto muitas vezes, mas deveriamos deixa-la expressar-se mais vezes.

Serenos sorrisos

João Cordeiro disse...

"Uns tocam-nos o corpo sem nunca nos terem tocado a alma... e outros tocam-nos a alma sem nunca nos terem tocado o corpo..."

Beijos sonhadores

Brain disse...

Sabes o que te digo?
Puderamos nós, andar sempre de alma nua,
Sem nada que a escondesse ou ocultasse dos outros,
Sem que tal fosse de alguma forma,
Necessário.

Gosto das pessoas assim:
De alma nua.

Beijo.

PS: Sim eu sei que extrapolei o sentido do teu escrito, mas o que queres? Apeteceu-me desnudar para ti, este meu pensamento.

Ana S. disse...

Deixar a alma nua é perigoso. A exposição pode ser usada contra nós.
Gostei da foto!
Beijos

borrowing me disse...

à bem pouco tempo deixei-me ficar nua
no meio de uma movimentada rua, despi-me de preconceitos e revelei o que de mais cru havia em mim...
foi estranho e no início até assustador mas por fim
soube-me bem...
adorei o blog
vou voltar!!!

Existe uma estrela no céu que ninguem vê senão eu! disse...

Esta musica é muito bonita.. portishead

Plum disse...

Eh pá!!!Adorei!Estas palavras estão perfeitas!*

collybry disse...

Quando ha luz de Alma, Ela transborda no espaço em redor...Bjca

.*.Magia.*. disse...

Olá Menina dos Impulsos...
Gosto de despir a alma, desnudar-me do tempo e do espaço no instante que tenho a fluir entre mãos...!
As memórias por vezes pedem casacos de lã...

Um kiss mágico para ti...

mago dos sonhos disse...

Saudações!

Perfeitas e cuidadas palavras. Valsa despida de sentimentos, fundada recordação, leve pano de seda que cai e, revela uma ondulado corpo, uma curvada alma no sentir.

Sonhos Mágicos

Bia disse...

Há momentos que não há roupa que nos vista e mesmo vestidas ficamos nuas...
Somos apenas nós na companhia do nosso "EU"...
Nós e a nossa alma.
É um nú bonito, é um nú branco e puro.
Um beijo

Daniel Aladiah disse...

Querida Cleo
Já metade da vida? Numa mulher, em Portugal, implica, pelo menos, 42 anos :) O que quer dizer que és uma jovem com umas décadas pela frente e que vale a pena aproveitar. Eu penso assim e sou homem, logo tenho menos esperança de vida :)
O teu corpo tem aquelas tatuagens?
Não deixa de ser belo...
Um beijo
Daniel

mixtu disse...

a via suspensa
o tempo
que existe ou não...

abraço europeu

Afonso disse...

Fiquei petrificado com a imagem. É linda!! Não falando já do texto, claro, que como já nos habituou é perfeito. Obrigado por este momento de beleza e paz.

Até breve . . .

Dias... disse...

É dos teus melhores textos, parabéns miuda.
Beijo

Dark-me disse...

Belas palavras! Alma nua, pura...Às vezes o melhor seria mesmo a vida ficar suspensa durante um longo espaço de tempo :))

- Dark kiss

Dark-me disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pete disse...

As recordações e as memórias fazem-nos parar por vezes no tempo.

Obrigado pela visita.

Beijinhos e bom fim-de-semana.

suruka disse...

Permita-me comentar.
Acabei de descobrir o seu espaço.
Lindo lindo lindo.

Parabens pelos textos e imagens.
É bem perferivel vivermos de alma despida.

Mas ha mais, ha muito em comum nos nossos mundos.

Voltarei
bjs

Ana Luar disse...

Acho que se houvesse um capote para a alma eu compraria uma dúzia... a minha é uma desavergonhada anda sempre nua.

VICIO disse...

É bom sentir esses momentos! Estarmos só conosco e podermos despir tudo o que vestimos para poder "viver" com os outros. Recordar memórias que teimamos em prolongar, tentando parar o tempo para que durem o máximo possivel... mas sem esquecer que são apenas memórias e têm de se voltar a guardar quando deixamos de estar só conosco.

littledragonblue disse...

Há momentos na vida em que tudo se despe, mas se tivermos a ousadia e coragem, tudo se volta a vestir novamente ;)
Adorei a música.
Um Beijinho para ti
littledragonblue

PS. foste premiada

Márcia disse...

De uma sensibilidade estonteante...
Lindo mesmo...

És fantástica...

Beijinhos

Morrigan disse...

Restam-nos as memórias...e a nudez da nossa alma. aos poucos, aprendemos a ficar nuas apenas perdidas na nossa solidão...
Palavras tocantes. Identifiquei-me com elas.
Um beijo

Yohanan disse...

ha momentos assim em que nos desnudamos de tudo e de todos e nos abrimos para o mundo.

Pena alguns n entenderem o que transmitimos.

beijinhos**

Twlwyth disse...

O meu tempo anda suspenso entre o passado e o presente, mas não me sinto nua (ainda não).
Beijo

Sleeping_Angel.69@Hotmail.com disse...

o teu blog e absolutamente fantástico devido a sua qualidade vou adicionar o teu linck ao meu bolg bom fim de semana

Azul disse...

São momentos únicos que se vivem, ficam tatuados na memória e recordam-se da mesma forma que se vivem... de alma despida...

Beijo
Azul

Daniele disse...

Minha querida amiga Cleo,

Belíssima música que só vem agregar a sua poesia, única. Sua fina escrita é um deleite à alma.

Feliz dia das Mães!

Beijos na sua alma,
da amiga e fã
Dani

sereia disse...

oi linda bela musica e belo poema jinhos
sereia

Som do Silêncio disse...

Acabei de passar aqui um Momento fantástico.
Obrigada por me permitires tal...

Beijo Silencioso

Broken disse...

Miga,

Momentos que nos tatuam o corpo, a alma e o coração. Momentos que nos invadem a memória e nos deixam presas a recordações.

Belissíma a imagem que acompanha as tuas tão tocantes palavras.

Bjinho grande

veritas disse...

Olá!

Prazer em conhecer-te! De certeza que vou continuar a visitar-te.

Bom fim-de-semana.

£oµ¢o Ðe £Î§ßoa disse...

Impulsos
Que nos lembram
Momentos
Que nos lembram
Instantes

o alquimista disse...

A vida é isto mesmo...um momento...

Um olhar prende o divino sonho, ganha asas num sorriso puro, esconde a dor em teu semblante, gira a roda do futuro.
Tal como um ribeiro manso, que corre pachorrento para sul, assim viaja o teu profundo sentir, aprisionado em…pranto azul…


Bom fim de semana


Mágico beijo

Filipe Oliveira disse...

A procura incessante de uma explicação.
Tempestades interiores que nos congelam.
Solidão errada.

marco disse...

Nua...lua!!
bela musica!!
beijo gande!

anne disse...

Há momentos em que a vida deixa-nos assim, fragilidadas, à deriva, um feixe apenas de sonhos a rondar os pensamentos. Há dias assim, que a alma nua, chora os aranhões que a maculam e quanto mais a deixamos exposta, mas ela chora, infelizmente. Não sei se eu soube interpretar o que quiseste dizer, mas que escreves como ningúem, isso, fazes. Nossa, uma maravilha. Passaria a tarde só ouvindo essa música e a ler tuas palavras profundas e belas.
Visita-me um dia? Gostaria! Beijo meu.

Moura ao Luar disse...

Beijoka grande

Luiz Carlos Reis disse...

Lembranças que marcam e dilaceram o coração!

Abraço forte!