Ontem, roubei as palavras que não tinha, ao entardecer. Ele nem deu por nada de tão atarefado que andava a arrumar a casa depois da festa de mais um dia. Era preciso arrumar tudinho nos lugares certos, limpar o que restou do reboliço imprevisto da chuva, pintar o céu de vermelho aproveitando os raios de sol já tão enfraquecidos pelo cansaço da luta contra as nuvens pesadas e poderosas. Era preciso adormecer as campainhas amarelas da Primavera, os brincos de princesa dos canteiros das casas da aldeia toda; convencer os passarinhos tagarelas a calarem-se e a sossegarem nos seus ninhos feitos lá nos ramos cimeiros das árvores.
E as estrelas? Ninguém se lembrou ainda de as acender? É preciso acender as estrelas e já!
Tudo tinha de estar perfeito para ela...
Por fim ela chegou, cintilante e arrebatadora, com o seu vestido de prata e o encanto dos olhares de espanto de todos, espelhado no brilho dos seus cabelos esvoaçantes de deusa da noite.
Foi por ela que o entardecer se distraiu e deixou que lhe roubasse estas palavras com que agora vos descrevo o que realmente se passou.
A lua foi deusa e rainha, brilhou e encantou as almas mais sensíveis.
E mais uma vez, foi musa de poetas e aprendizes... até surgir este novo dia!

20 impulsos:

Þ®¡§¢¡£å ♠ disse...

Olá Cleo...

Que lual foi esse,digno de uma fogueira e dormir no relento...


Enorme beijo pra ti

James H. disse...

Olá Cleo,
Um bom dia para ti.
Muitos parabéns
Beijinhos
James

http://www.youtube.com/watch?v=YLqn4BM7-Ns

Desnuda disse...

Querida Cleo,

delicado e lindo texto, amiga.


Desculpe a demora no retorno. Andei um pouquinho ausente. Mas muito feliz com a sua visita. Obrigada, querida.


Beijo especial e lindo fim de semana.

littledragonblue disse...

Olá Cleo, passei aqui um bom momento, a ler-te ao som de uma bela melodia.

Gostei deste momento

Um beijinho:
littledragonblue

suruka disse...

Este é mais um dos teus escritos
que lemos e ficamos com a sensação de que sabe a pouco. Contudo tanto é dito aqui.

beijo Impulsos

escarlate.due disse...

gosto sempre mais de prosa que de poesia, tu sabes :)



(porque diabo toda a gente resolveu lançar livros naquele fim de semana??? :( )

jorge@ntunes disse...

Olá amiga, obrigado pela tua visita. Sabes que n sou muito de deixar comentários mas vou passando,com todo o meu silêncio.

bj

lisa disse...

A lua tem o formato que me encanta...o brilho que me atrai...a beleza que me fascina...

Beijo daqui das minhas noites de lua cheia e tudo de bom para o dia 6 junho.

:-)

In Loko disse...

Leio-te e deixo-me envolver num passear manso pelas tuas palavras que me levam pelo teu olhar, e sentir, os ambientes que retratas na tua mui peculiar maneira de os ver.
Os sentires e emoções, que podem até parecer banais, deixam de o ser no deslizar dos sentidos poéticos que lhes dás... a simplicidade das coisas à nossa volta são ricas e intermináveis se as virmos tais como são... simples e belas!!!
E, sim, nunca se esqueçam de acender as estrelas... basta olhá-las com gosto e prazer e elas iluminar-se-ão!!!
Adoro ler-te minha querida amiga Cleo... a poesia pulsa bem viva no teu sangue!
Infelizmente autora - Lurdes Dias Cleo - não poderei estar no lançamento do teu livro "In Pulsos", vivo no Porto e nessa data é-me impossível estar presente, mas, minha boa amiga, desejo-te os maiores sucessos neste e nos próximos livros... tudo de bom para ti!!!

Beijinhosss muitossss

605 Forte disse...

Entendam-se, que eu estou com azia de tanto pensar.

http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=79011

http://sonhadoremfulltime.blogspot.com/

impulsos disse...

605 Forte
Com azia fiquei eu agora!!!

O texto é muito meu, pena que não possa prova-lo a não ser pela única arma que tenho e que infelizmente não chega, pois não passa da data de publicação...
Estou completamente abismada, pois tinha uma enorme admiração pela pessoa que me plagiou!

Sem palavras para mais...
Só me resta agradecer-te o facto de mo teres dado ao conhecimento. O meu sincero obrigado!

Não vou fazer nada, pois não tenho como.

Um misto de raiva e tristeza invadiu-me o sentir...

605 Forte disse...

Essa a tua versão dos factos, aguardo pelo Cordeiro, o João.

605 Forte disse...

A versão do cordeiro João foi eliminar o post e não argumentar. Gostava de entender melhor a razão ou razões de tais actos, mas ele parece não estar para conversas.

Presuponho que de facto algo vai mal no reino da Dinamarca.

impulsos disse...

605 Forte

Deixo aqui o mail que recebi hoje, depois de ter contactado a administração de um site onde este senhor também é membro e de onde o meu texto deve ter sido plagiado, visto que também está publicado nesse site. e faço-o para que leias e percebas melhor as razões daquilo que eu não consigo entender e por não te poder contactar de outra forma.

Cara utilizadora:

O utilizador em causa foi questinado e responde o seguinte:
"Administração do Escritartes e membros do referido site e em particular a Lurdes Dias (Cleo)

Não foi com surpresa, mas sim com profunda mágoa que recebi um mail acusando-me de plágio.
Digo que não foi com surpresa, pois já há algum tempo que previa uma situação similar, com um membro deste site ou de outro qualquer que esteja ao dispor de gente sem escrúpulos.
Não posso precisar com exactidão a data, mas penso que foi em meados de Março que alguém se apoderou da minha password e me “roubou” os meus blogs.
Desde essa data que não tenho acesso aos mesmos, pelo que qualquer texto que seja postados nos meus blogs, não serão certamente de minha autoria.
Estão a ser colocados alguns textos que me deixam sérias dúvidas. Os layouts dos mesmos foram alterados e eu estou impotente para enfrentar a situação.
No escritartes tenho vários amigos que me conhecem e sabem que eu, João Cordeiro, seria incapaz de plagiar textos que estão ai expostos.
Sei que um dos que foi objecto de plágio pertence à Cleo (Lurdes Dias), pessoa que muito estimo e admiro e a quem desde já peço desculpa pelo sucedido.
Quem de facto sabe um pouco de mim, já certamente observou que por motivos pessoais ando bastante alheio a blogs e afins.
Não por falta de paixão pelo uso das palavras, mas sim por ter os meus pais bastante doentes, e ambos “prisioneiros” num lar de idosos. Como filho único, a situação além de me ocupar os meus tempos livres, também me retirou alguma concentração e vontade de acompanhar como devia os meus blogs. Veja-se o caso do Escritartes, onde apenas coloquei dois textos…
Termino com palavras de indignação para o/os “ladrões de passwords”, que usem da inteligência de que foram abençoados, para criar e não extorquir a criatividade de quem edifica algo.
Gostaria de saber se alguém sabe como posso evitar esta situação, ou se já foi alvo de algo semelhante.
As minhas sinceras desculpas "


Os melhores cumprimentos
A Administração

605 Forte disse...

Um enredo que daria uma óptima novela para passar em horário nobre da TVI.

as velas ardem ate ao fim disse...

Tão lindo mas tão lindo o teu texto.Gostava de escrever assim.

um bjo

SAM disse...

Minha querida, vim te deixar um beijo e me deparo com este fato pra lá de desagradável. Solidária a ti com grande indignação! É de fato revoltante....


Há um blog dirigido a denuncias de plagio e procedimentos deste feitio. Mas sinceramente espero que tudo tenha sido solucionado.

O endereço é este http://oesquadraoantiplagio.blogspot.com/



Grande beijo e lindo fim de semana querida amiga.

Gata Verde disse...

Amei...

beijinhos

segredo disse...

Adorei...
Beijinho de lua*.*

Som do Silêncio disse...

Infelizmente Cleo, o plágio calha a quase todos...
Já entrei um blogs que tinha lá posts meus,e quando confrontei a pessoa e questão, teve a ata de me dizer que eram dela...
Enfim...
As atitudes ficam para quem as pratica.
Sobre plágios, resta-me apenas uma conclusão. Gostam do que escrevemos...pena é que não coloquem quem escreve, mas nós sabemos!

A tua escrita e sublime e isso é que importa.
Já te leio faz tanto tempo, e não me canso de te ler :)

Um beijo meu,
Som